“Profissão…..Arquivista”

O blog,  LEME – Legado da Memória,  do arquivo da Universidade de Aveiro, desenvolve uma nova rubrica neste novo ano letivo intitulada,  Profissão… Arquivista!

No sentido de continuar a dinamizar o blog e tendo em conta que estas questões relacionadas com os arquivos e a arquivística estão na ordem do dia, surgiu a ideia de se poder ter um “convidado” para uma nova rubrica dedicada a entrevistas.

A publicação das entrevistas não terá qualquer periodicidade estipulada. Iremos “entrevistar” colegas, amigos e outras individualidades que se cruzaram na nossa vida profissional e que por algum motivo nos marcam nesta área tão vasta e ainda pouco divulgada que é o arquivo.

As entrevistas são elaboradas pela equipa do arquivo da UA e com elas desejamos fazer desta rubrica um espaço de partilha de experiências entre arquivistas de diferentes áreas de trabalho.

A nova rubrica pretende levar ao conhecimento dos nossos leitores, alguns arquivistas e profissionais de referência, nacionais ou estrangeiros, dos quais publicaremos uma breve biografia.

A intenção da rubrica é também fazer com que os leitores tomem consciência do vasto leque de atividades e desafios que a profissão nos proporciona.

O que é o Arquivo, qual a sua função, quais as tarefas diárias de um arquivista, etc são algumas questões que pretendemos colocar junto da comunidade académica e não só cujo objetivo, para além da promoção do arquivo, é dar a conhecer, divulgar e valorizar a profissão.

Esta entrada foi publicada em Arquivo, Universidade de Aveiro com as tags . ligação permanente.

2 respostas a “Profissão…..Arquivista”

  1. Isabel Maria Lopes dos Santos Pires diz:

    Parabéns pela iniciativa Dora e Susana. Já vos conheço de nome através da nossa querida Professora Doutora Cristina Freitas. Esta vossa ideia também me ocorreu no passado ano. Quase dentro dos mesmos moldes, aproveitei em conjunto com uma colega, fazer um trabalho para uma disciplina do mestrado. As nossas entrevistas foram direccionadas a pessoas que tratavam directamente com o arquivo financeiro da UC, arquivo onde eu trabalhava nessa altura. Obtivemos respostas que claramente deram a entender, que o desconhecimento sobre o trabalho desenvolvido num arquivo e o papel do arquivista é comum entre os profissionais que diariamente se servem do arquivo e que depositam nele, todo o trabalho resultante das suas actividades ao longo do tempo. Desejo-vos os maiores êxitos neste trabalho.

    • Dora Susana diz:

      Obrigada, Isabel Maria.
      Esperamos conseguir, de alguma forma, alertar mentalidades e dar a conhecer um bocadinho mais desta nossa profissão ainda desconhecida para muitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *