Servidor de questionários da UA

Este servidor destina-se à disponibilização de questionários, no âmbito de actividades de recolha de dados de:

  • disciplinas e projectos, existentes nas iniciativas de e-Learning da Universidade de Aveiro;
  • projectos de investigação, da referida instituição;
  • trabalhos de investigação, realizados por alunos de pós-graduação da instituição.

Funcionamento

O serviço disponibilizado, possibilita a implementação de um questionário on-line, com recurso ao software LimeSurvey.

Esta implementação é efectuada a partir de um documento Word, com a versão final do questionário.

Este documento deve ser enviado para stic-helpdesk@ua.pt, no mínimo 15 dias antes do início da recolha dos dados.

Terminada a implementação, será fornecido um endereço na Web onde o questionário estará disponível, para que se possa proceder à sua divulgação, pela população em estudo.

Assim que pretenda os dados recolhidos deve enviar um e-mail para stic-helpdesk@ua.pt, a solicita-los, sem nunca esquecer de indicar o endereço do questionário a que se refere. Os dados podem ser enviados em formato Excel ou SPSS, estes ficheiros são fornecidos tal como são recolhidos, não há qualquer tratamento de dados.

O ficheiro Excel enviado, pode ser utilizado em qualquer software de tratamento estatístico de dados (como por exemplo o SPSS).

FacebookTwitterGoogle+LinkedInDeliciousTumblrEvernotePartilhar
Esta entrada foi publicada em eLearning-UA. ligação permanente.

23 Respostas a Servidor de questionários da UA

  1. Ana Patricia Sintra Pinto diz:

    Boa tarde, estou a elaborar um tese de mestrado, na faculdade de economia de Coimbra e pretendo saber se é possível utilizar o vosso site para distribuir e recolher a informação dos questionários que pretendo realizar?

    Obrigado pela disponibilidade,
    Ana Pinto

  2. Cara Ana

    Actualmente este serviço é disponibilizado apenas a elementos da comunidade académica de Aveiro. (docentes, alunos, investigadores, etc…)

    Lamentamos assim não a poder ajudar.

    Talvez num futuro próximo, venhamos a fornecer este serviço a elementos externos à UA.

    Com os melhores cumprimentos

  3. Jaime Ribeiro diz:

    Boa Tarde

    Sou aluno de doutoramento do DDTE e vou realizar um questionário online. Vinha por este meio perguntar se é possível utilizar algum programa de questionários que crie o questionário para depois ser importado para a plataforma de questionários do CEMED, ou um programa mesmo do CEMED para ir criando as questões e testando.

    Obrigado pela atenção

    Os meus cumprimentos

    Jaime Ribeiro

  4. Boa tarde Jaime

    Os questionários criados aqui na UOe-L são programados de raiz em ASP utilizando para tal o Adobe Dreamweaver.

    Normalmente os alunos/investigadores fazem-nos chegar um documento Word com o questionário, a partir do qual toda a programação é desenvolvida.

    Os dados recolhidos são armazenados em bases de dados que depois são enviadas aos alunos/investigadores. Em alternativa poderemos entregar esses dados no formato Excel.

    Não hesite em contactar-nos caso pretenda usufruir deste serviço gratuito, ou para o esclarecimento de quaisquer dúvidas adicionais.

    Saudações académicas…

  5. Tiago Augusto diz:

    Boa tarde, estou a elaborar uma tese de mestrado sobre o e-learning, e pretendo saber se é possível utilizar o vosso site para distribuir e recolher a informação dos questionários que pretendo realizar?

    Obrigado pela disponibilidade,
    Tiago Augusto

  6. Caro Tiago,

    Tal como referimos anteriormente à Ana, o servidor de questionários está apenas disponível para a comunidade académica de Aveiro, ainda não está disponível para fora.

    Se não é aluno da UA infelizmente não o podemos ajudar.

    Saudações académicas,

  7. Liliana Farinha diz:

    Boa tarde.

    Sou aluna do Mestrado em Comunicação Multimédia da UA.

    Estou a pensar utilizar este serviço mas tenho algumas dúvidas e perguntas que gostaria de colocar.

    1 – O serviço (transposição do word para formato online e o ficheiro excel final) é gratuito?

    2 – Percebi que são necessários 15 dias desde o momento em que o questionário (formato word) vos é enviado até à sua existência online. Existe tempo mínimo para estar online? E quanto tempo depois do limite conseguem fornecer o ficheiro Excel?

    Muito obrigada,
    Liliana Farinha.

  8. Bom dia Liliana,

    O serviço de questionários é gratuito para docentes, alunos e investigadores da UA.

    Os questionários ficam on-line o tempo que for necessário para a investigação, não existe qualquer prazo.

    Saudações académicas

  9. Ana Santos diz:

    Sou aluna do Mestrado de Multimédia em Educação na Universidade de Aveiro e estou a desenvolver um questionário que pretendo colocar online. Gostava de saber se os vossos questionários ficam com acesso ao público em geral ou só ao público por mim escolhido, através da utilização de palavras passe. Gostava também de saber se o público pode ser externo à Universidade de Aveiro.
    Obrigada pela disponibilidade dispensada.

    Saudações académicas

    Ana Santos

  10. Olá Ana,

    Os questionários, que implementamos estão disponíveis para o público em geral.

    Se for necessário colocar passwords de acesso aos questionários estas podem ser colocadas, assim só as pessoas com dados de identificação é que conseguirão aceder.

    Saudações académicas

  11. Ana Duque diz:

    No âmbito da formação em EEC (programa de Formação de Professores do 1ºciclo) indicaram-me o link http://wsl2.cemed.ua.pt/qapfp/, ao qual deveria aceder para responder a um inquérito: Contrariamente ao indicado, não indiquei nem o meu nome nem o da escola onde trabalho pois acho que aquele tipo de avaliação não pressupõe tal. No final imprimi (impressão virtual) o questionário mas não a informação final de que o questionário tinha sido concluído com sucesso. Porém a formadora acha que essa poderá não ter sido uma boa opção. A minha questão residual, então, é:
    o questionário preenchido não tem valor e, como tal, sou obrigada a responder a novo inquérito dando os dados então omitidos?

    Grata pela atenção,
    Ana Duque

  12. Olá Ana,

    Se não indicou o nome nem a escola na sua resposta ao questionário terá de responder novamente, pois as suas respostas não serão consideradas.

    Saudações académicas

  13. Luís Projecto Calhau diz:

    Esqueci-me de preencher o questionário sobre a formação do Ensino Experimental das Ciências. Agradeço qualquer ajuda no sentido de saber como poderei proceder para ainda poder salvar esta situação.

    Obrigado.

  14. Olá Luís,

    O questionário neste momento está indisponível, para que se possa fazer uma primeira avaliação das respostas já obtidas.

    A partir do dia 25 terá uma nova hipótese de responder.

    Saudações académicas

  15. Luís Calhau diz:

    Olá Susana,

    Muito obrigado pelo esclarecimento. Assim sendo, já posso voltar a ter um sono normal.. sim, porque um pesadelo destes num Domingo quando não há hipóteses de resolver o que quer que seja… é quase pior do que preencher um boletim premiado e deixá-lo no bolso das calças lavadas a 60 º. Assim me sirva de lição…

    Saudações académicas
    Luís

  16. Joana diz:

    Olá!
    Sou aluna do mestrado em Comunicação Multimédia (UA) e estou a considerar esta ferramenta para fazer um questionário.
    Gostava de saber se, depois de enviado o word, e de vocês o converterem, é possível que eu tenha acesso ao questionário antes de ele ser disponibilizado online (para confirmar se está tudo correcto).

    Muito Obrigado

    • eLearning UA diz:

      Boa tarde,

      Depois de implementado o questionário é lhe enviado um endereço, para que possa verificar se está tudo bem e para depois fazer a divulgação do mesmo.
      Se tiver mais alguma questão, disponha!

      Saudações académicas :)
      Susana Caixinha

  17. Sara Pereira diz:

    Olá.
    Sou aluna de Mestrado de Ciências da Fala e da Audição da Universidade de Aveiro e a minha tese passa pela elaboração de um questionário on-line, que deverá ficar disponível para qualquer professor do 1º ciclo do ensino básico do país, através dos sindicatos a que estes estão associados (norte, centro ou sul).
    O documento word que deverá ser para vós enviado deve ter alguma formatação específica?
    Logo que o docomento estiver concluído posso enviar-vos mesmo que ainda falte mais de 15 dias para a recolha?
    A possível existência de uma palavra pass para os professores acederem ao questionário é por vós fornecida?

    Obrigada

  18. Ricardo Almeida diz:

    Boa tarde.

    Estou a divulgar um inquérito (google) mas apenas consegui divulga-lo para os alunos e docentes do meu departamento.

    1. Gostaria de saber se os inquéritos desta plataforma são enviados para toda a comunidade académica ou se precisam de algum tipo de protocolo, nomeadamente entre o aluno, o departamento a que está associado e a reitoria da universidade.

    2. Os inquéritos da plataforma Google fazem uma análise dos dados automática. Essa possibilidade existe nestes inquéritos também, ou a análise é manual e terá de ser realizada pelos autores dos inquéritos?

    Obrigado.

    • eLearning UA diz:

      Olá Ricardo, boa tarde!

      Os questionários são apenas implementados por nós, a divulgação fica a cargo do investigador. No seu caso deve tentar entrar em contato com os SCIRP (scirp@ua.pt), para que eles façam a divulgação do questionário.
      A plataforma da UA permite também obter dados estatísticos, mas trata-se de um tratamento muito simples das respostas, apenas frequências.

      Se estiver interessado em disponibilizar na nossa plataforma o seu questionário, basta que nos envie o mesmo para stic-helpdesk@ua.pt

      Se necessitar de mais alguma ajuda, disponha!

      Cumprimentos,
      Susana Caixinha

  19. Liberal diz:

    Não concordo com este questionário obrigatório e não anónimo! Onde está a declaração de privacidade dos meus dados? O questionário apresenta deficiências, por exemplo na questão 4. que na minha interpretação é redundante porque antes me é perguntado se concluí secundário no estrangeiro e disse q não! Quando me perguntam a situação actual, não me oferecem a hipótese de responder trabalhador estudante, sou obrigado a responder erradamente e portanto, a veracidade das respostas fica comprometida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*