Manifesto

O manifesto que foi esta semana divulgado em Portugal merece discussão e reflexão séria. O mesmo pode ser visto em vários locais na net. Remeto para a sua versão integral do jornal Público (clicar abaixo sobre o título):

“Manifesto: Preparar a reestruturação da dívida para crescer sustentadamente”

Estranhamente a discussão não se tem centrado no seu conteúdo mas no timing do mesmo. Têm surgido muitas crónicas, debates (está neste momento a decorrer um na TVI 24 com os cabeças de lista às Europeias) e “narrativas”.

De entre estas destaco a de um dos signatários, que foi hoje publicada no DN: “Os Homens não são todos iguais” (http://www.dn.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=3740253&seccao=viriato).

 

Qual o seu pensar sobre este assunto tão importante para o nosso futuro coletivo?

Deserto do Namibe em Angola, janeiro de 2014 (autoria de Rui Neves)
Deserto do Namibe em Angola, janeiro de 2014 (autoria de Rui Neves)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *