Ética e Pensamento Crítico

 

porto_de_aveiro.jpg

Entrada do Porto de Aveiro e Barra

Vivemos tempos complexos. São muito notórias as dificuldades que enfrentamos: económicas, sociais / relacionais, comunicacionais, …

O actual panorama político-partidário e desportivo português tem sido prolixo em evidenciar esta realidade! Sem particularizar ou exemplificar sinto que, profissionalmente, devo destacar:

– a ausência, muitas vezes assustadora, do uso de capacidades de pensamento crítico, como a não identificação e reacção a falácias, como o “ataque pessoal” ou o “apelo à autoridade”;

– os valores e/ou atitudes  revelados e assumidos por agentes daqueles contextos não me parecem cumprir os requisitos inerentes à ética de uma sociedade democrática, como a que está estipulada na constituição Portuguesa (esta afirmação dará uma boa discussão!);

Quem, como eu, se preocupa em formar e educar tem, actualmente, um desafio difícil e, talvez como nunca, desgastante! Não será tempo de nos comprometermos a melhorar e apresentar propostas e soluções para esta realidade?

O diagnóstico está globalmente feito e os problemas, quase todos, identificados, alguns deles neste blog. Por isso, pretendo continuar a contribuir para a melhoria das dificuldades e problemas referidos. No caso da “Educação” é nisso que me concentrarei também neste blog e nos próximos artigos.

Para tal conto também com uma participação mais assumida (confirmo e agradeço a recepção dos e-mails a comentar alguns destes artigos). Por que será difícil assumirmos publicamente aquilo em que acreditamos (uma das essências do pensamento crítico)?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *