Não cumprir?

A notícia do Jornal Ionline, que se ilustra a seguir (pode aceder à mesma

pressionando sobre a imagem)

levantou-me muitas questões e dúvidas. Entre estas destaco:

-A quem compete afinal a definição das metas de cada escola?

-Essas metas são ou não para cumprir? É lícito traçar metas e não dotar meios para o seu cumprimento? É lícito por causa disso assumir logo o seu não cumprimento? …

Importa que muito do trabalho que os docentes fazem tenha credibilidade e uma notícia como esta, a ser verdade, não ajuda!

Existem muitos problemas, como o do insucesso educativo e os abandonos! Mas estes têm de ser efectivamente “combatidos” e não ser reduzidos a “dados estatísticos”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *