Avaliação de Desempenho

Depois da manifestação de ontem dos Professores portugueses (120 mil, segundo os dados de vários jornais de hoje) e procurando ter em conta os vários argumentos que têm sido apresentados pelos vários intervenientes mais mediáticos, duas grandes questões/comentários me surgem:

– Se o processo está a ser muito burocrático e  a tirar tempo em demasia aos professores para o cumprimento primordial da sua profissão – Educar – então é necessário repensar o processo e o modo como está a ser implementado! Neste âmbito esclareço que estou de acordo com a avaliação, mas não com quem avalia! Depois deste tempo e tendo em conta o que se tem lido e tenho ouvido directamente sobre a ambiência nas escolas, particularmente entre os professores, considero que o processo de criação de Professores Titulares foi um erro.

– A pergunta que os responsáveis do ME têm colocado não tem tido resposta e é, do meu ponto de vista, legítima – afinal o que mudou desde a assinatura do memorando de Março para os sindicatos exigirem agora a suspensão de todo o processo de avaliação de desempenho dos professores (depois do próprio ME ter cumprido o estipulado no mesmo)?

Pensamento Crítico na web e Blogosfera

Depois de uma pesquisa pela web e blogosfera sobre o “pensamento crítico” em português verifiquei que este “movimento” , pese embora a sua heterogeneidade, está cada vez mais dinâmico e interventivo. Da análise de muitas das páginas e blogs destaco: