Recordar Ferrer Trindade e a sua (nossa) Canção do mar

Assinalando-se a 9 de dezembro os 101 anos de nascimento de Ferrer Trindade, e no dia 13 de janeiro os 20 anos do seu falecimento, lembramos o tema Canção do mar, neste disco, interpretado por Francisco José, com acompanhamento de Monteiro de Souza e sua Orquestra.

Com letra de Frederico de Brito e música de Ferrer Trindade, a Canção do mar foi interpretada pela primeira vez por Maria Odete Coutinho, no programa radiofónico Os companheiros da alegria, e gravada em 1953 por Carlos Fernando, acompanhado pelo Conjunto de Mário Simões.

Tendo sido alvo de diversas recriações, este tema foi interpretado por Amália Rodrigues (1955), Tristão da Silva (1961), Dulce Pontes (1993) e Sarah Brightman (2003), entre outros. Na sétima arte, integrou a banda sonora do filme luso-francês Les amants du Tage (em 1955, com a letra alternativa Solidão) e do filme norte-americano Primal fear (1996). A série policial norte-americana Southland (2009-2013) adotou-a como genérico.

Segundo a notícia da Agência Lusa, publicada no Jornal Observador, a Canção do mar foi distinguida pelos portugueses como canção nacional mais representativa da temática Natureza e Estações. Esta seleção ocorreu com vista à sua inclusão na iniciativa The European Union Song Book.

 

Coleção – Discos 78 rpm
Tipo de material – Vinil
Título – Canção do mar: fado-slow
Intérprete – Francisco José
Local de edição – Brasil
Editora – Philips
Data – 1961
Nº de editor – P 61.003 H
Doador – José António Pé-Curto Moças

 

Esta entrada foi publicada em Discos goma-laca com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *