Aniversário da Livraria Lello com mostras de coleções da Universidade de Aveiro

A Livraria Lello festejou o seu 113º aniversário no dia 13 de janeiro com duas mostras sob a curadoria científica da Universidade de Aveiro (UA).

As mostras “A Severa que vocês não viram” e “Porto 1900: as primeiras expedições de gravação em Portugal” têm o objetivo de retratar os bastidores da gravação do primeiro fonofilme português “A Severa” e os primeiros discos de fado em goma laca gravados no Porto. As peças expostas fazem parte do espólio de Frederico de Freitas e dos acervos de José Moças e Joaquim Domingos Capela, coleções doadas à UA. Nos festejos também foi incluída uma mesa redonda com a participação de José Moças, Rosário Pestana, Jorge Castro Ribeiro e Rui Vieira Nery sobre “O Porto, o Fado e outras Músicas” e a participação musical da fadista Patrícia Costa.

A exposição estará patente até dia 28 de fevereiro.

Esta entrada foi publicada em Discos goma-laca, Exposições, Exposições temporárias, Frederico de Freitas, Instrumentos musicais, Joaquim Domingos Capela, José Moças, Música com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *