Recordar Ferrer Trindade e a sua (nossa) Canção do mar

Assinalando-se a 9 de dezembro os 101 anos de nascimento de Ferrer Trindade, e no dia 13 de janeiro os 20 anos do seu falecimento, lembramos o tema Canção do mar, neste disco, interpretado por Francisco José, com acompanhamento de Monteiro de Souza e sua Orquestra.

Com letra de Frederico de Brito e música de Ferrer Trindade, a Canção do mar foi interpretada pela primeira vez por Maria Odete Coutinho, no programa radiofónico Os companheiros da alegria, e gravada em 1953 por Carlos Fernando, acompanhado pelo Conjunto de Mário Simões.

Tendo sido alvo de diversas recriações, este tema foi interpretado por Amália Rodrigues (1955), Tristão da Silva (1961), Dulce Pontes (1993) e Sarah Brightman (2003), entre outros. Na sétima arte, integrou a banda sonora do filme luso-francês Les amants du Tage (em 1955, com a letra alternativa Solidão) e do filme norte-americano Primal fear (1996). A série policial norte-americana Southland (2009-2013) adotou-a como genérico.

Segundo a notícia da Agência Lusa, publicada no Jornal Observador, a Canção do mar foi distinguida pelos portugueses como canção nacional mais representativa da temática Natureza e Estações. Esta seleção ocorreu com vista à sua inclusão na iniciativa The European Union Song Book.

 

Coleção – Discos 78 rpm
Tipo de material – Vinil
Título – Canção do mar: fado-slow
Intérprete – Francisco José
Local de edição – Brasil
Editora – Philips
Data – 1961
Nº de editor – P 61.003 H
Doador – José António Pé-Curto Moças

 

Publicado em Discos goma-laca | Tags , | Deixe o seu comentário

1ª peça do mês – dezembro 2018

Com a aproximação do Natal, destacamos um documento das nossas coleções, alusivo a esta quadra:

Coleção – Bilhetes-postais
Título – Os presentes das Forças Armadas: Natal 1974
Autor – Ilustração de João Abel Manta
Data de edição/publicação – 1975
Doador – Francisco Madeira Luís Dimensões – 10,5 x 14,5 cm.
Nº inventário- MusA-1087
Informação técnica: Logótipo do MFA (Movimento das Forças Armadas; Cartão sem dobragem; Papel; [s.n.]
Descrição – Reprodução de um cartoon de João Abel Manta de 1974. Representa veículos militares que transportam vários elementos do MFA (um deles vestido de Pai Natal e com um cravo vermelho na mão), carregados de prendas encarnadas que distribuem por um grupo numeroso de crianças. Cada embrulho ostenta, a branco, cada um dos diversos valores que o MFA se propõe alcançar, na sua campanha de dinamização. Este desenho é encabeçado por uma linha azul clara que começa num dos lados do rectângulo e vai desenhando ao longo do cartaz as letras MFA. Termina ainda num foguete em azul escuro e preto.

Publicado em Bilhetes postais, Francisco Madeira Luís | Tags , | Deixe o seu comentário

116 anos do nascimento de Frederico de Freitas

Neste 116º aniversário do nascimento de Frederico de Freitas, destacamos a produção científica realizada em torno do seu espólio doado à Universidade de Aveiro em 2010 pela sua filha, a também maestrina e compositora Elvira de Freitas.

Desde 2011 que se tem assistido a uma grande afluência de consultas por parte de alunos, docentes e investigadores internos e externos, bem como aficionados da música. O espólio de Frederico de Freitas tem servido de base a investigações (dissertações, teses e artigos científicos), edições, reedições e revisões críticas de muitas das suas obras e à realização de programas de concertos e edições de cd’s.

Muitos destes trabalhos são promovidos pela Universidade de Aveiro em colaboração com a AVA Musical Editions sendo uma das principais impulsionadoras a Prof.ª Doutora Helena Marinho.

A bibliografia produzida na Universidade de Aveiro pode ser consultada no catálogo bibliográfico opac.ua.pt e no repositório institucional ria.ua.pt. Os pedidos de consulta ao espólio devem ser enviados para o email pisilva@ua.pt .

Publicado em Frederico de Freitas | Deixe o seu comentário

1ª peça do mês – novembro 2018

 

Coleção – Guarda joias
Designação – Harmonia
Autor – Joaquim Domingos Capela
Data de manufactura – entre 1990-99
Dimensões – 5x10x15 cm
Nº inventário – MusA-271

 

Este guarda-jóias foi construído na década de 90, do século XX, com madeiras nobres, predominando o pau-santo. Encontra-se decorada com filetes de buxo e orlada a pau-santo. Devido à beleza e harmonia do desenho gráfico, o autor designou-a por Harmonia. A peça é essencialmente decorativa, no entanto, o seu cariz é utilitário, servindo portanto, como guarda-jóias.

O guarda-Jóias Harmonia faz parte integrante da coleção dos 81 guarda-jóias, doada à Universidade de Aveiro por Joaquim Domingos Capela em Dezembro de 2013.

Publicado em Guarda-joias (madeira), Joaquim Domingos Capela, Peça do mês | Deixe o seu comentário

2ª peça do mês – outubro 2018

Inst. proprietária – Universidade de Aveiro
Categoria – Pintura
Título – Sem título
Autor – Costa Neves
Técnica – óleo sobre tela
Data – [s.d.]
Dimensões – 53 x 73 cm
Coleção – Pintura UA
Nº inventário – UA-P-14;  MusA-147

Publicado em Peça do mês, Pintura, Sem categoria | Tags | Deixe o seu comentário

1ª peça do mês – outubro 2018

A canção nacional nas comemorações do Dia Mundial da Música

Na comemoração de 1 de outubro, Dia Mundial da Música, selecionamos Amália Rodrigues (1 de julho de 1920 – 6 de outubro de 1999), também conhecida como Rainha do fado. Enquanto fadista, divulgou o fado cantando a alma Lusitana, dando a conhecer ao mundo o povo português.

Do vasto repertório interpretado por Amália, elegemos Tudo isto é fado. Este e outros temas fazem parte da coleção de discos goma-laca do Museu da Universidade de Aveiro.

 

Coleção – Discos de goma-laca (78 rpm)
Título – Tudo isto é fado
Intérprete – Amália Rodrigues
Local de edição – Porto
Editora – Odeon
Data – [1952]
Nº de editor – X-3.532-B
Doador – José António Pé-Curto Moças

 

Publicado em Discos goma-laca, José Moças, Peça do mês, Sem categoria | Tags | Deixe o seu comentário

1ª peça do mês – setembro 2018

ColeçãoInstrumentos musicais
Designação – Cavaquinho minhoto
Autor – Joaquim Domingos Capela
Data de manufatura- 1989
Medidas – 54 cm;33.5 cm (comprimento; comprimento da corda)
Informação técnica – madeiras de pau-santo, pinho dos Alpes e ébano, braço em cedro brasileiro, escala em ébano. Madeira. Fundo e ilhargas em pau-santo, tampo em pinho dos Alpes e ébano, braço em cedro brasileiro, escala em ébano. Verniz de goma laca. Lá – Lá – Dó# – MI.
Descrição – cordofone de pequenas dimensões e em forma de 8. O cavaquinho é semelhante à guitarra dedilhada, apresentando quatro cordas em aço, atadas a um cavalete colado ao tampo e esticadas por cravelhas dorsais, de madeira (modernamente substituídas por mecanismos metálicos designados carrilhões), inseridas numa cabeça lisa, tipo espátula.

Publicado em Instrumentos musicais, Joaquim Domingos Capela, Peça do mês | Deixe o seu comentário

Celeste Rodrigues (14 de março de 1923 – 1 de agosto de 2018)

Com intenção de homenagear a fadista Celeste Rodrigues, selecionamos da coleção discos goma-laca José Moças, o disco de 78 rpm com o título: Lenda das algas: fado. Este disco foi editado pela Parlophone, com música de Jaime Mendes e versos de Laerte Neves. Celeste Rodrigues canta acompanhada à guitarra por Joaquim do Vale e à viola por Idílio dos Santos. Lenda das algas retrata a história de uma alga que, vinda do mar, acaba sozinha na praia. Quando um pescador a encontra, vê personificada uma menina adormecida. Ainda hoje, quando alguém passa pela cabana do pescador, ouve alguém cantar com a melancolia das ondas do mar. Este fado constitui um dos maiores sucessos da carreira da fadista, sendo um incontornável clássico do género.
Celeste Rodrigues nasceu no Fundão a 14 de Março de 1923 e faleceu em Lisboa a 1 de Agosto de 2018. É considerada uma referência para as novas gerações do fado, tendo desenvolvido uma intensa atividade profissional quer em Portugal, quer no estrangeiro.

Publicado em Discos goma-laca, José Moças | Tags | Deixe o seu comentário

2ª peça do mês – julho 2018

Inst. proprietária – Univ. de Aveiro
Coleção – Guarda-joias
Designação – Torre Eiffel
Data de manufatura- 198-
Autor- Joaquim Domingos Capela
Doador – Joaquim Domingos Capela
Dimensões – 16 cm;11.5 cm;11.5 cm (altura; largura; comp.)

Disponível a visualização do catálogo MusA- http://museu.ua.pt/index.php/Detail/objects/333

Este guarda-jóias foi construído na década de 80 (séc. XX), com madeiras nobres, em olho-de-perdiz e fixado a uma base quadrada em ébano, com tampa rotativa e quatro faces em arco de parábola, orlada a ébano. Devido à sua beleza e ao design, o autor designou-a por “Torre Eiffel”. A peça é essencialmente decorativa, no entanto, o seu cariz é utilitário, servindo portanto, como guarda-jóias.

O guarda-joias “Torre Eiffel” faz parte integrante da coleção dos 81 guarda-joias, doada à Universidade de Aveiro pelo Sr. Eng.º Joaquim Domingos Capela em Dezembro de 2013.

Publicado em Guarda-joias (madeira), Joaquim Domingos Capela, Peça do mês | Deixe o seu comentário

1ª peça do mês – julho 2018

Coleção – Gravura
Título – Moliceiros I
Autor – Cândido Teles
Data – 1987
nº inventário – UA-ML-G-1; MusA-486

http://museu.ua.pt/index.php/Detail/objects/515

Publicado em Gravuras, Peça do mês | Tags , | Deixe o seu comentário